ARAC
07 Agosto 2020 | 01:42
Notícias
2020-08-06TURISMO CENTRO DE PORTUGAL ELEGEU NOVO ELEMENTO DA COMISSÃO EXECUTIVA
A Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal (TCP)+
2020-08-06China volta a subsidiar veículos elétricos para incentivar o consumo
O órgão máximo de planificação económica da China anunciou hoje várias medidas para incentivar o consumo interno no segundo semestre do ano, incluindo recuperar o programa de subsídios a veículos elétricos, informou a imprensa estatal.+
2020-08-06Também na economia há poucas certezas sobre a covid-19
Se os médicos e os cientistas andam ainda a tentar descodificar o vírus e a tentar perceber melhor as vias de contágio, os economistas têm também muito trabalho pela frente. A pandemia arrasou as economias, mas o grau de destruição da crise sanitária e das medidas de confinamento é muito distinto nos vários países europeus.+

Notícias



Covid-19. Economia dá um trambolhão e cai 16,5% no segundo trimestre de 2020
Expresso


cabam de ser revelados os números sobre os quais tanto se tem especulado. De acordo com Instituto Nacional de Estatística (INE), “refletindo o impacto económico da pandemia”, o Produto Interno Bruto (PIB) “registou uma forte contração em termos reais no segundo trimestre de 2020”, traduzida numa diminuição de 16,5% face a igual período de 2019, após se ter registado uma contração homóloga de 2,3% no trimestre anterior.

Sem surpresas, os dados do INE, revelam que este resultado é explicado “em larga medida pelo contributo negativo da procura interna para a variação homóloga do PIB, que foi consideravelmente mais negativo que o observado no trimestre anterior, refletindo a expressiva contração do consumo privado e do Investimento”.

Claro que a paragem da economia não foi impactada apenas pela realidade a nível interno, que reflete o confinamento e a paragem (em absoluto) de muitas atividades económicas, e reflete uma acentuada redução da procura externa líquida no segundo trimestre, “traduzindo a diminuição mais significativa das exportações de bens e serviços que a observada nas importações de bens e serviços devido em grande medida à quase interrupção do turismo de não residentes”, sintetiza o INE.

Comparativamente com o primeiro trimestre de 2020, o PIB diminuiu 14,1% em termos reais (a variação em cadeia tinha sido de 3,8% no trimestre anterior).





Área Reservada
EMPRESAS JÁ DETENTORAS DO SELO "CLEAN & SAFE"
PEÇA AQUI O SEU SELO "CLEAN & SAFE"
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com