ARAC
14 Novembro 2019 | 10:56
Notícias
2019-11-14Portugal cresce há um ano e meio acima da zona euro, mas abrandou significativamente
O PIB cresceu 1,9% no terceiro trimestre, segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística publicados esta quinta-feira. Deste modo, o crescimento português continua acima da média da zona euro. Mas houve uma desaceleração forte em relação ao trimestre anterior+
2019-11-13Salário mínimo avança sem acordo. Governo admite medidas para as empresas no OE
O aumento do salário mínimo para 635 euros avança sem acordo com os parceiros sociais, mas as negociações prosseguem com vista a um entendimento mais vasto. O Governo admite incluir medidas reclamadas pelos empresários no próximo orçamento.+
2019-11-13Portugal é o sexto melhor país para passar a reforma na Europa
Portugal consegue o sexto lugar entre os países mais atrativos para os reformados, mas fica atrás do país vizinho: Espanha leva a medalha de ouro. +

Press - Releases

Press - Releases
16-04-2018
COMPRAS DE VIATURAS POR EMPRESAS DE RENT-A-CAR NO MÊS DE MARÇO DE 2018
O mercado português de veículos ligeiros de passageiros e comerciais ligeiros encerrou o mês de Março com 31.313 veículos automóveis ligeiros vendidos, o que representa um aumento de 6% face ao mesmo mês de 2017, segundo elementos fornecidos pela ACAP – Associação Automóvel de Portugal.

No canal de rent-a-car as aquisições de ligeiros de passageiros atingiram as 7.337 unidades.

No que respeita a veículos novos o conjunto das empresas associadas da ARAC que se dedicam à atividade de aluguer de curta duração (veículos ligeiros de passageiros, comerciais ligeiros, pesados de mercadorias, todo-o-terreno e motociclos) adquiriram no mês de Março um total de 7.823 veículos face aos 7.691 adquiridos em período homólogo do ano anterior.

Na composição das aquisições referidas, prevalecem (á semelhança do mercado nacional de um modo geral) os segmentos A, B e C, os quais representam a maioria das aquisições efetuadas pelas empresas de rent-a-car.

O rent-a-car é igualmente, devido á forte aquisição de veículos novos um setor decisivo para a modernização do parque automóvel nacional através da colocação após a utilização dos veículos no comércio, de um número significativo de veículos de ocasião (os chamados veículos semi-novos), substituindo-se assim veículos antigos por veículos recentes e com motores mais eficientes e amigos do ambiente a preços mais convidativos para o publico em geral.

O Turismo é atualmente o maior mercado das empresas de rent-a-car representando cerca de 60% do seu volume de negócios.

A atividade de aluguer de viaturas em regime de curta duração constituiu uma importante componente da Economia Nacional, com especial destaque para o Turismo.

A ARAC representa cerca de 96% das empresas de aluguer de curta duração a operar de forma legal em Portugal.

Lisboa, 12 de Abril de 2018

ARAC
Gabinete de Comunicação

Faça Download aqui
Área Reservada
Como constituir uma empresa de Rent-a-Car
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com