ARAC
09 Agosto 2020 | 21:12
Notícias
2020-08-07Portugal de novo em contramão na pandemia, agora no bom sentido
Depois dos elogios, chegado o desconfinamento, Portugal tornou-se o “patinho feio” da Europa, com muito mais casos do que a maioria dos países europeus. Agora, o país volta a estar em contraciclo, com uma clara tendência de descida dos contágios.+
2020-08-07Salários nas empresas sem lay-off com maior crescimento em cinco anos
o meio da pandemia, quem não teve contrato suspenso ou perdeu emprego regista o maior ganho de rendimentos desde 2015. Foi, em junho, de 5,5%.+
2020-08-07EY: Segunda vaga de covid-19 pode levar taxa de desemprego para os 17,6%
A consultora EY estima que, caso haja uma segunda vaga da pandemia de covid-19 em Portugal, a taxa de desemprego no país possa atingir os 17,6% no final do ano, segundo um estudo hoje divulgado.+

Press - Releases

Press - Releases
07-06-2016
EMPRESAS DE RENT-A-CAR REFORÇAM FROTA NO MÊS DE MAIO E ESPERAM VERÃO POSITIVO

O mercado português de veículos ligeiros de passageiros encerrou o mês de Maio com um volume de vendas de 20.836 unidades, registando um crescimento de 13,6% face mês homólogo do ano anterior, segundo elementos fornecidos pela ACAP – Associação Automóvel de Portugal. No canal de rent-a-car as aquisições de ligeiros de passageiros atingiram as 5.891 unidades revelando uma redução de 2% face ao mesmo mês de 2015.

A aquisição das referidas viaturas destinam-se á composição da frota para a época alta do turismo nacional, cujo crescimento tem contribuído de forma decisiva para o desenvolvimento direto de todos os setores diretamente ligados ao mesmo, como sejam a aviação, hotelaria, o rent-a-car, as agências de viagens, a restauração, as empresas de eventos e animação turística, etc. e indiretamente todas as outras atividades económicas, aliada a uma maior rotação de veículos em frota (de forma a oferecer um produto de cada vez maior qualidade), fazendo com que a idade média dos veículos de rent-a-car em Portugal seja cada vez mais baixa.

No que ao que aos veículos de mercadorias diz respeito, o crescimento das aquisições por parte das empresas de rent-a-cargo representadas pela ARAC foi cifrou-se em 361 veículos, representando um crescimento de 7% face ao ano anterior.

Refira-se que o setor do rent-a-cargo foi dos mais afetados pela crise que Portugal e a Europa ainda atravessam.

Encontrando-se em fase de revisão a legislação que regulamenta a atividade de rent-a-cargo e caso Portugal evolua (como é desejável e importante para a economia nacional) para um quadro legal mais liberalizador deste setor, á semelhança da maioria dos países europeus estamos seguros que este setor venha a ter um forte incremento, com reflexos em toda a economia nacional no que respeita ao transporte de mercadorias.

De Janeiro a Maio os setores de rent-a-car e rent-a-cargo adquiriram um total de 21.708 veículos que se traduzem num crescimento de 15% face ao período homólogo do ano anterior.

Lisboa, 07 de Junho de 2016

ARAC

Gabinete de Comunicação

Área Reservada
EMPRESAS JÁ DETENTORAS DO SELO "CLEAN & SAFE"
PEÇA AQUI O SEU SELO "CLEAN & SAFE"
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com