ARAC
18 Outubro 2017 | 04:40
Notícias
2017-10-14Menos impostos sobre o rendimento e mais taxas sobre os “vícios”
A descida do IRS para 1,6 milhões de famílias é a medida que marca o Orçamento do Estado para 2018. As más notícias vem das taxas sobre os produtos "nocivos" -- bebidas açucaradas, sal e álcool. +
2017-10-14IRS, carreiras e pensões custam 855 milhões de euros
Maior parte do esforço orçamental dirigido a alívio do imposto sobre o rendimento das famílias, descongelamento de carreiras e subidas de pensões. Aumento do dividendo do Banco de Portugal para €500 milhões, poupança em juros, congelamento do consumo intermédio e exercício de revisão de despesa são principais contributos para melhoria das contas. +
2017-10-14Orçamento do próximo ano deixa fatura pesada para 2019
Mário Centeno fez ginástica orçamental para agradar aos partidos à esquerda e não se desviar muito do plano original. O resultado é uma fatura de quase mil milhões de euros em 2019. +

Press - Releases

Press - Releases
15-01-2016
Aquisições de veículos por empresas de rent-a-car

As viaturas ligeiras de passageiros adquiridas pelas empresas de rent-a-car no ano de 2015 ascenderam a 41.937 viaturas, o que se traduz num crescimento de 31% face ao ano anterior.

No que respeita a viaturas ligeiras de mercadorias o crescimento é menor, situando-se nos 13%, a registar um total de 3.326 viaturas adquiridas, face às 2.939 adquiridas no mesmo período em 2014.

O total de viaturas de rent-a-car em frota na época alta situou-se em mais de 75.000 unidades, o que traduz não só numa renovação das frotas levada a cabo pelas empresas do sector mas também num acréscimo sobretudo devido ao crescimento do mercado turístico.

Também o mercado de veículos de ocasião, o qual atravessa um bom período, tem comercializado um grande número de viaturas provenientes das empresas de rent-a-car, o que tem contribuído de forma decisiva para a renovação do parque automóvel nacional.

A juventude da frota portuguesa de rent-a-car permite garantir aos seus clientes um alto nível de segurança, devendo-se ter em conta que segundo estudos recentes o risco de acidentes com mortes é claramente superior quando se viaja em viaturas mais antigas.

O rent-a-car assume-se assim de forma clara como o sector de atividade que mais veículos adquire em Portugal, sendo por isso um parceiro de excelência para todas as marcas de automóveis a operar em Portugal.

A atividade de aluguer de viaturas em regime de curta duração constituiu uma importante componente da Economia Nacional, com especial destaque para o Turismo.

Lisboa, 15 de Janeiro de 2016

Joaquim Robalo de Almeida

Secretário-Geral



Área Reservada
Como constituir uma empresa
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com