ARAC
31 Outubro 2020 | 15:29
Notícias
2020-10-30Governo admite restrições para mais municípios, recolher obrigatório e reforço do teletrabalho
O ministro da Economia afasta a ideia de um confinamento generalizado, mas explica que o Governo está a preparar o alargamento das restrições a mais municípios, ou seja, os que tenham mais casos por 100 mil habitantes. Recolher obrigatório, novas restrições aos horários do comércio e dos restaurantes e alargamento do teletrabalho também estão a ser ponderados.+
2020-10-30Seguros dos carros vão baixar por causa da pandemia
José Galamba de Oliveira, presidente da APS, diz que há seguradoras que estão, na renovação da anuidade, a aumentar a bonificação e, dessa forma, a reduzir o prémio futuro. Há outros casos em que vão devolver já uma parte dos prémios deste ano.+
2020-10-30“OS GOVERNOS TÊM DE SE RESPONSABILIZAR PELA RECUPERAÇÃO DO TURISMO INVESTINDO EM TECNOLOGIA”
A Silicon Valley Web Conference (SVWC), promovida pela StartSe e co-organizada pela Nova SBE+

Notícias



Covid-19: Governo estende prazo de moratórias de crédito até setembro de 2021
Expresso


Governo acaba de aprovar o prolongamento do prazo das moratórias de crédito por mais seis meses, até setembro de 2021.

"As medidas excecionais de proteção dos créditos das famílias, empresas, instituições particulares de solidariedade social, e demais entidades da economia social, passam a vigorar até 30 de setembro de 2021", lê-se no comunicado do Conselho de Ministros. A adesão a este regime excecional terá de ser feita até 30 de setembro, para quem o solicite pela primeira vez ao banco pedir a suspensão das suas prestações.

Ou seja, as moratórias de crédito (suspensão de pagamento de juros e capital - ou apenas juros ou capital -, cujo prazo já tinha sido alargado de 30 de junho a para 31 de março de 2021) passam agora a beneficiar de mais seis meses de carência das prestações em falta junto da banca.

O prolongamento dos prazos dos apoios concedidos ás famílias e empresas visa manter um balão de oxigénio a todos os que foram e continuam a ser afetados pelos efeitos da pandemia e cuja intenção do Governo já tina sido antecipada pelo ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

Entre as alterações aprovadas para apoiar os agentes económicos, está também o prolongamento do regime excecional e temporário relativos aos contratos de seguros cujo prazo terminava a 30 de setembro.

O Governo decidiu ainda esclarecer que as entidades beneficiárias, que no dia 1 de outubro de 2020, ainda se encontrem abrangidas por medidas de apoio extraordinário à liquidez, "beneficiamda prorrogação suplementar e automática dessas medidas pelo período de seis meses, compreendido entre 31 de março de 2021 e 30 de setembro de 2021". É ainda referido que "a distribuição de lucros, sob qualquer forma, o reembolso de créditos aos sócios e a aquisição de ações ou quotas próprias, por parte das entidades beneficiárias, determina a cessação dos efeitos das medidas de apoio extraordinário à liquidez".




Área Reservada
PEÇA AQUI O SEU SELO "CLEAN & SAFE"
EMPRESAS JÁ DETENTORAS DO SELO "CLEAN & SAFE"
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com