ARAC
09 Agosto 2020 | 20:58
Notícias
2020-08-07Portugal de novo em contramão na pandemia, agora no bom sentido
Depois dos elogios, chegado o desconfinamento, Portugal tornou-se o “patinho feio” da Europa, com muito mais casos do que a maioria dos países europeus. Agora, o país volta a estar em contraciclo, com uma clara tendência de descida dos contágios.+
2020-08-07Salários nas empresas sem lay-off com maior crescimento em cinco anos
o meio da pandemia, quem não teve contrato suspenso ou perdeu emprego regista o maior ganho de rendimentos desde 2015. Foi, em junho, de 5,5%.+
2020-08-07EY: Segunda vaga de covid-19 pode levar taxa de desemprego para os 17,6%
A consultora EY estima que, caso haja uma segunda vaga da pandemia de covid-19 em Portugal, a taxa de desemprego no país possa atingir os 17,6% no final do ano, segundo um estudo hoje divulgado.+

Notícias



Insolvências de empresas aumentam pela primeira vez em sete anos
JORNAL DE NEGÓCIOS


Há um ano, assistia-se ao mês de janeiro com mais empresas criadas da última década. Mas, no mesmo mês de 2020, muito mudou: não só a criação de empresas caiu mais de 20%, como as insolvências, que estavam a diminuir há sete anos, deram um salto de quase 19%, segundo os dados do barómetro Informa D&B.

Neste passado mês de janeiro, nasceram 5.174 empresas, menos 21% do que no mesmo período de 2019. Uma quebra que é transversal a todos os setores de atividade, com exceção dos transportes, onde nasceram mais 17,3% de empresas do que em janeiro de 2019.

Por outro lado, as insolvências em janeiro aumentaram 18,6% face ao período homólogo. Desde 2013 que este indicador registava uma tendência contínua de diminuição. No ano passado, a queda nos novos processos de insolvência já não foi tão forte como nos anos anteriores, prenunciando alterações nesta tendência, que se acentuou no último trimestre de 2019.

Serviços empresariais e agricultura e outros recursos naturais são os únicos setores que não registam uma subida das insolvências. Apesar de um aumento muito reduzido (+2%) as Indústrias são o setor com mais casos de novas insolvências (52). Olhando às localizações, em Lisboa, Setúbal e Aveiro crescem as insolvências mas no Porto e Faro existe uma redução.

Numa nota mais positiva, o encerramento de empresas teve uma redução muito acentuada em todos os setores. No primeiro mês de 2020 encerraram menos 43,2% de empresas do que no período homólogo.




Área Reservada
EMPRESAS JÁ DETENTORAS DO SELO "CLEAN & SAFE"
PEÇA AQUI O SEU SELO "CLEAN & SAFE"
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com