ARAC
08 Abril 2020 | 18:14
Notícias
2020-04-08ARAC: “AS MEDIDAS INTRODUZIDAS DEVERIAM SER MAIS ROBUSTAS”
Ambitur.pt está a auscultar as várias associações do país no sentido de que partilhem com os nossos leitores a sua visão, mais de 15 dias depois da declaração do Estado de Emergência.+
2020-04-08Autoeuropa aceita proposta da CT e garante totalidade da remuneração durante lay-off
A Autoeuropa vai avançar com o regime de lay-off a partir de 20 de abril, data em que pretende retomar de forma gradual a produção. No entanto, a administração da fábrica de Palmela aceitou a reivindicação da Comissão de Trabalhadores (CT) para assegurar a totalidade da remuneração dos trabalhadores.+
2020-04-08ISV dos usados importados: Cinco a zero em tribunal e ganham os contribuintes
O Fisco perdeu mais um caso no tribunal arbitral e vai ter de devolver 355 euros de imposto cobrado a mais ao contribuinte que avançou com a ação. É a quinta vez que os tribunais dão a razão a contribuintes, mas a Autoridade Tributária insiste. Em Bruxelas o caso também já seguiu para tribunal.+

Notícias



Cartão bancário contactless irá funcionar como título de transporte no Metro e eléctricos do Porto
EXPRESSO


Solução ecológica arranca em abril na linha de Metro do Aeroporto e nos carros elétricos da STCP. Após fase-piloto, o sistema inédito em Portugal será alargado a toda a rede Andante do Porto, cidade que se coloca na linha da frente desta funcionalidade inovadora já existente em Londres, Nova Iorque, Singapura ou Rio de Janeiro

No segundo trimestre de 2020 será possível viajar nos transportes públicos do Porto utilizando o cartão bancário contactless, que funciona como meio de pagamento com leitura por aproximação e sem ter de introduzir PIN. O utilizador apenas terá de passar o cartão nas máquinas de validação automática para iniciar viagem de elétrico da STPC ou Metro, sistema que arrancará, a partir de 1 de abril, numa fase-piloto, apenas na linha do Metro do Aeroporto (E) e carros elétricos, os mais frequentados por clientes estrangeiros e ocasionais.

Esta nova funcionalidade irá evoluir posteriormente para toda a rede de transportes Andante, universalidade que só acontecerá “no início do próximo ano”, apurou o Expresso junto da empresa Metro do Porto. O projeto inovador, que alia os Transportes Intermodais do Porto (TIP), a Visa e a Unicre, permitirá que o cartão contactless de débito ou de crédito passe a ser uma alternativa ao cartão ou títulos Andante, contribuindo para melhorar a acessibilidade aos transportes públicos no Grande Porto.

Com o lançamento da solução contactless nos transportes públicos, pioneira em Portugal, o Porto irá integrar uma lista crescente das principais cidades do mundo, como Londres, Singapura, Rio de Janeiro e Nova Iorque, onde este sistema de pagamento inovador já é utilizado. “Os objetivos deste projeto centram-se essencialmente na simplificação da experiência de utilização dos transportes públicos, importante especialmente para turistas e clientes ocasionais, bem como na implementação de soluções de bilhética ambientalmente sustentáveis” afirma, Tiago Braga, presidente do TIP.

“O ponto central da criação de uma cidade próspera e bem-sucedida é a sua capacidade de movimentar as pessoas de maneira rápida e eficiente. À medida que as nossas cidades crescem, alcançar esse objetivo é um dos maiores desafios do nosso tempo. Na Visa, temos orgulho em trazer as soluções da Cybersource na nossa parceria com o TIP e estamos fortemente empenhados no projeto de forma a posicionar o Porto entre as cidades-líderes mundiais que permitem pagamentos contactless nos transportes públicos”, refere, em comunicado, Anne Head, vice presidente da Consumer Experience, Visa.

A Redunicre é a rede responsável pela aceitação dos pagamentos com cartão contactless na rede de transportes públicos do Porto, operação que permite o pagamento da viagem com os cartões dos principais sistemas de pagamento internacionais. “Acreditamos que este projeto inovador será o início da mudança de paradigma do sector em Portugal e que em breve será alargado a toda a rede de transportes públicos das principais cidades do país”, destaca Tiago Oom, Diretor da Redunicre.





Área Reservada
Como constituir uma empresa de Rent-a-Car
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com