ARAC
25 Junho 2017 | 01:17
Notícias
2017-06-22Endividamento da economia portuguesa volta a níveis recorde
A dívida conjunta do Estado, empresas privadas e famílias em Portugal nunca foi tão elevado como em Abril deste ano, revelam os dados do Banco de Portugal publicados esta quinta-feira, 22 de Junho. +
2017-06-20Rent-a-car compram 25 mil carros para responder ao boom do turismo
Empresas de aluguer de carros são responsáveis por mais de um quarto das vendas de automóveis em Portugal. Compraram mais 26%+
2017-06-20Lançamento do novo veículo antecipa paragem na Autoeuropa
A Autoeuropa vai antecipar o habitual período de `shutdown´ para a última semana de Junho e primeira de Julho, devido ao arranque da produção de um novo veículo em Agosto, revelou hoje fonte da empresa à agência Lusa.+

DECRETO-LEI N.º 74-A/2005 DE 24 DE MARÇO


O Decreto-Lei n.º 44/2005, de 23 de Fevereiro, que altera o Código da Estrada, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 114/94, de 3 de Maio, prevê que os ciclomotores, os motociclos de cilindrada não superior a 50 cm3 e veículos agrícolas passem a ser titulados por um documento de identificação de veículo de forma idêntica aos restantes veículos a motor, o que pressupõe o registo destes veículos e a emissão do competente título pelas conservatórias do registo automóvel.
Importa, entretanto, deixar claro que a entrada em vigor deste novo regime legal depende da entrada em vigor da respectiva regulamentação, mantendo-se até então as competências e os procedimentos anteriormente em vigor. É o que o Governo leva a efeito pelo presente diploma interpretativo.
Foi ouvida a Associação Nacional de Municípios Portugueses.

Assim:
Nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 198.º da Constituição, o Governo decreta o seguinte:

Artigo 1.º
Âmbito de aplicação

1—As normas constantes das alíneas a), h) e i) do n.º 1 do artigo 11.º e dos n.os 3 a 5 do artigo 21.º do Decreto-Lei n.º 44/2005, de 23 de Fevereiro, na parte respeitante às licenças a que se refere o artigo 124.º do Código da Estrada aprovado pelo mesmo diploma legal, entram em vigor com a respectiva regulamentação.
2—O presente diploma tem natureza interpretativa.

Artigo 2.º
Entrada em vigor

O presente diploma entra em vigor no dia seguinte ao da sua publicação.
Visto e aprovado em Conselho de Ministros de 24 de Março de 2005. — José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa — António Luís Santos Costa — Alberto Bernardes Costa.
Promulgado em 24 de Março de 2005.
Publique-se.
O Presidente da República, JORGE SAMPAIO.
Referendado em 24 de Março de 2005.
O Primeiro-Ministro, José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa.



Área Reservada
Como constituir uma empresa
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com