ARAC
03 Abril 2020 | 01:32
Notícias
2020-04-02Direito Penal face à pandemia: Cibercriminosos arriscam até oito anos de prisão
Numa situação de vulnerabilidade como a que se vive devido à pandemia causada pelo novo coronavírus, as fraudes cometidas através da internet podem ter penas superiores e ir até oito anos de prisão.+
2020-04-02Costa com cobertura para ir mais longe nas restrições
O Conselho de Ministros reúne-se esta quinta-feira para definir as medidas que executam o decreto presidencial que renova estado de emergência.+
2020-04-02Deslocações fora do concelho proibidas e aeroportos fechados na Páscoa
O Governo restringiu a circulação no país entre quinta-feira santa e a segunda-feira depois da Páscoa. Estão proibidas deslocações fora do concelho e fecham todos os aeroportos nacionais.+

Press - Releases

Press - Releases
17-04-2019
GREVE DOS MOTORISTAS DE MATERIAIS PERIGOSOS: IMPACTO NO RENT-A-CAR E NO TURISMO

A ARAC – Associação dos Industriais de Aluguer de Automóveis sem Condutor, na qualidade de associação nacional de empresas representativa da locação automóvel, regista com preocupação a greve dos motoristas de matérias perigosas, a qual afeta o abastecimento de combustíveis no nosso país.

As empresas de rent-a-car estão a deparar-se com a impossibilidade de abastecimento dos seus veículos, sem os quais se torna impossível exercer a sua atividade. Por outro lado, os turistas que escolheram Portugal como destino de férias correm o risco de ficarem privados de meios de mobilidade para se deslocarem no território nacional.

Sendo o período da Páscoa uma época alta para a atividade de rent-a-car e para o Turismo Nacional, as empresas, ao não poderem entregar as viaturas previamente contratadas, incorrerão em prejuízos de grande dimensão para todo o setor.

Os turistas que já alugaram viaturas, e estão neste momento em deslocação pelo país, confrontam-se com dificuldades ou com a impossibilidade de abastecimento das mesmas. No limite, esta situação poderá conduzir ao abandono de veículos nas estradas do país.

Para que o normal funcionamento das empresas de rent-a-car e a imagem do Turismo Nacional não sejam colocados em causa, a ARAC solicitou junto do Governo que sejam alargados os serviços mínimos às empresas de aluguer de veículos sem condutor e que sejam estabelecidos planos de contingência que permitam concretizar o abastecimento dos veículos de aluguer sem condutor.

Lisboa, 17 de abril de 2019

ARAC

Gabinete de Comunicação


Faça Download aqui
Área Reservada
Como constituir uma empresa de Rent-a-Car
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com