ARAC
23 Maio 2019 | 02:57
Notícias
2019-05-22Novo regulamento de proteção de dados custa 140 milhões por ano às empresas
As contas são do Governo e resultam de inquéritos às empresas para avaliar e medir os encargos da implementação das novas regras do Regulamento Geral de Proteção de Dados+
2019-05-22Fisco condenado em tribunal e obrigado a devolver ISV de carro usado importado
O cálculo do ISV não tem em conta a idade dos automóveis usados que são importados, defende o CAAD, tal como a Comissão Europeia já havia alertado+
2019-05-22Receitas do turismo crescem 5% entre janeiro e março
As receitas turísticas tiveram um crescimento de 5% entre janeiro e março deste ano.+

Press - Releases

Press - Releases
07-09-2018
COMPRAS DE VIATURAS POR EMPRESAS DE RENT-A-CAR NO MÊS DE AGOSTO DE 2018

No mês de Agosto, foram comercializados 15.281 veículos automóveis ligeiros de passageiros, o que representa um acréscimo de 28% face ao mesmo mês de 2017, segundo elementos fornecidos pela ACAP – Associação Automóvel de Portugal.

No canal de rent-a-car as aquisições de ligeiros de passageiros atingiram as 4.001 unidades.

No que respeita a veículos novos o conjunto das empresas associadas da ARAC que se dedicam à atividade de aluguer de curta duração (veículos ligeiros de passageiros, comerciais ligeiros, pesados de mercadorias, todo-o-terreno e motociclos) adquiriram no mês de Agosto um total de 4.407 veículos face aos 3.608 adquiridos em período homólogo do ano anterior.

O rent-a-car continua a afirmar-se de forma clara como o maior comprador de veículos automóveis novos em Portugal, registando no mês de Agosto a aquisição de 4.001 veículos ligeiros de passageiros e 406 veículos ligeiros de mercadorias.

Na composição das aquisições referidas, prevalecem (á semelhança do mercado nacional de um modo geral) os segmentos A, B e C representaram em Agosto a maioria das aquisições efetuadas pelas empresas de rent-a-car.

O rent-a-car é um setor decisivo para a modernização do parque automóvel nacional através da colocação após a utilização dos veículos no comércio, de um número significativo de veículos de ocasião (os chamados veículos semi-novos), substituindo-se assim veículos antigos por veículos recentes e com motores mais eficientes e amigos do ambiente a preços mais convidativos para o público em geral.

O crescimento das frotas das empresas de rent-a-car (produto integrante de qualquer pacote turístico) deve-se sobretudo ao atual sucesso do Turismo em Portugal, pois o número de visitantes do nosso país não tem deixado de aumentar de forma significativa nos últimos 5 anos.

O Turismo é atualmente o maior mercado das empresas de rent-a-car representando cerca de 60% do seu volume de negócios.

A atividade de aluguer de viaturas em regime de curta duração constituiu uma importante componente da Economia Nacional, com especial destaque para o Turismo.

A ARAC representa cerca de 96% das empresas de aluguer de curta duração a operar de forma legal em Portugal.

Lisboa, 07 de setembro de 2018

ARAC

Gabinete de Comunicação


Área Reservada
Como constituir uma empresa de Rent-a-Car
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com