ARAC
18 Outubro 2017 | 04:38
Notícias
2017-10-14Menos impostos sobre o rendimento e mais taxas sobre os “vícios”
A descida do IRS para 1,6 milhões de famílias é a medida que marca o Orçamento do Estado para 2018. As más notícias vem das taxas sobre os produtos "nocivos" -- bebidas açucaradas, sal e álcool. +
2017-10-14IRS, carreiras e pensões custam 855 milhões de euros
Maior parte do esforço orçamental dirigido a alívio do imposto sobre o rendimento das famílias, descongelamento de carreiras e subidas de pensões. Aumento do dividendo do Banco de Portugal para €500 milhões, poupança em juros, congelamento do consumo intermédio e exercício de revisão de despesa são principais contributos para melhoria das contas. +
2017-10-14Orçamento do próximo ano deixa fatura pesada para 2019
Mário Centeno fez ginástica orçamental para agradar aos partidos à esquerda e não se desviar muito do plano original. O resultado é uma fatura de quase mil milhões de euros em 2019. +

Press - Releases

Press - Releases
31-03-2016
ARAC Uma Associação Norteada pela constante procura de Inovação e Progresso


A ARAC é uma Associação em constante movimento. Não é, uma entidade acomodada aos ventos da situação. Muito pelo contrário, a vida da ARAC é pautada por uma permanente e constante procura de inovação e progresso que possam trazer novas realidades e novos horizontes às empresas suas associadas.

O dia a dia na ARAC é uma constante luta por novas e melhores soluções, é uma permanente busca de definições que ponham cobro ás dificuldades com que as empresas se deparam, é, numa palavra, um esforço continuado e ininterrupto para se alcançarem novos horizontes e soluções adequadas.

Muito do trabalho desenvolvido entre paredes e junto das Entidades Públicas e Privadas é por vezes de difícil visibilidade. É um trabalho que exige forte determinação, responsabilidade, muita experiência e conhecimento da realidade sectorial.

Sem a existência de um trabalho sério, determinado e contínuo nenhum processo tem início e, naturalmente, muito menos tem sucesso.

Trata-se sem dúvida, de uma atividade que é prosseguida pelos técnicos desta associação e que possibilita aos Órgãos Sociais tomar decisões e estabelecer metas e prioridades para cumprimento do seu Programa de Ação.

As empresas associadas da ARAC, reconhecem o trabalho desenvolvido e depositam confiança, nos propósitos e no cuidado colocado na resolução dos problemas que afetam a Atividade de Aluguer de Automóveis sem Condutor em Portugal.

O aluguer de automóveis sem condutor, é um sector estratégico para a Economia Portuguesa em geral e para o Turismo em particular, dependendo do seu bom funcionamento parte significativa da própria competitividade da nossa indústria turística.

A ARAC entende que deve ter um entrosamento cada vez maior com os seus associados e conhecer bem as suas realidades.

A atividade de aluguer de automóveis sem condutor, tem uma grande diferenciação. Não é a mesma coisa tratar de aluguer de veículos de passageiros e de veículos de mercadorias, assim como o aluguer de curto prazo e o aluguer de longo prazo tem contornos diferentes.

Desde há muito que a ARAC decidiu, como forma de nos permitir um conhecimento mais oportuno e detalhado do mercado destes sectores desta mesma atividade, elaborar relatórios económico/estatísticos sobre cada uma das modalidades de aluguer de veículos sem condutor.

No âmbito do Gabinete de Estudos e Estatística foram criados Observatórios para cada uma das modalidades de Aluguer de Veículos Automóveis de Aluguer

sem Condutor, os quais reúnem, tratam, analisam e apresentam estudos sectoriais de grande interesse para a Atividade.

Estes Observatórios têm sem dúvida um grande impacto na atividade das empresas do Sector.

A grande preocupação desta Associação com 41 anos de existência é que as empresas associadas sintam que a ARAC é uma entidade que, verdadeiramente, as representa, que vai ao encontro dos seus problemas, procurando soluções credíveis e concretas.

A ARAC procura ser inovadora no apoio ás empresas associadas, estando em criação permanente de novas áreas de intervenção, novos produtos e serviços, em resumo, alargando e reforçando cada vez mais a sua atuação.

A ARAC procurará ser cada vez melhor, o que significa ser cada vez mais útil às empresas suas associadas.

Lisboa, 31 de Março de 2016

ARAC

Gabinete de Comunicação


Área Reservada
Como constituir uma empresa
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com