ARAC
17 Dezembro 2018 | 08:52
Notícias
2018-12-14INE: Proveitos aceleraram em Outubro
Em Outubro, os estabelecimentos hoteleiros e similares registaram proveitos totais na ordem dos 332,1 milhões de euros, enquanto os de aposento atingiram os 239,8 milhões de euros, o que representou crescimentos de 2,6% e 1,7%, respectivamente, quando em Setembro estes dois indicadores apresentavam subidas de 1,4% e 2,9%, divulgou o INE esta sexta-feira.+
2018-12-14Depois de Lisboa, Chauffeur Privé chega a outras cidades
O serviço da Chauffeur Privé está agora disponível em Vila Franca de Xira, Mafra ou Ericeira. Mas também no Barreiro, Alcochete, Montijo, Sesimbra e Setúbal.+
2018-12-14Autoeuropa. Plano em marcha para exportar 22 mil viaturas até fim do ano
A Autoeuropa e a Operestiva preparam ação depois de ter sido alcançado acordo entre Sindicato dos Estivadores e operadores portuários+

Press - Releases

Press - Releases
15-01-2016
O Aluguer de veículos sem condutor em regime de ACD na Região Centro do País – Ano 2015

Embora seja um mercado em ascendência, com um potencial de crescimento para os próximos anos, a região centro do país já manifesta um mercado de aluguer de veículos em regime de curta duração – rent-a-car - de uma importância considerável.

As 17 empresas locais e as filiais de outras 10 empresas que aí operam que compõem a frota de ACD na região centro, a qual ascende a cerca de 2.200 veículos são responsáveis por uma faturação anual da ordem dos 12 milhões de euros.

No que respeita à clientela, a mesma encontra-se distribuída nesta região da seguinte forma: os contratos de aluguer efetuados (veículos ligeiros de passageiros), corresponderam a 30% de clientela turística, 60% de empresas dos sectores público e privado e 10% particulares. No que respeita aos veículos ligeiros de mercadorias, a clientela é de 94% para empresas dos sectores público e privado e 6% particulares. Por último, no que respeita os veículos pesados de mercadorias, a clientela concentrou-se em 100% nas empresas dos sectores público e privado.

Distribuição Do Negócio Por
Tipo De Clientela Junho de 2015 - Centro

(veículos ligeiros de passageiros)

Tipo De Clientes

% Dos Contratos Celebrados

Pessoas Coletivas Do Sector Privado e Público

60%

Pessoas Singulares

10%

Turismo

30%

TOTAL

100%

Distribuição Do Negócio Por
Tipo De Clientela Junho de 2015 - Centro

(veículos ligeiros de mercadorias)

Tipo De Clientes

% Dos Contratos Celebrados

Pessoas Coletivas Do Sector Privado e Público

94%

Pessoas Singulares

6%

TOTAL

100%

A atividade de aluguer de automóveis sem condutor (rent-a-car) é um sector com grande significado para a economia portuguesa e especial para o Turismo, representando em grande parte o produto turístico nacional, pois não podemos esquecer que é o primeiro e o último produto turístico utilizado por quem nos visita.

Também ao nível do mercado empresarial, o rent-a-car tem ganho, ou melhor dizendo recuperado importância a nível da escolha deste produto como o mais adequado às empresas.

No ano em curso o aluguer de curto e médio prazo tem vindo a aumentar a sua procura - O empresário tem uma grande flexibilidade de ajustar a frota às suas necessidades.

Lisboa, 15 de Janeiro de 2016


Área Reservada
Como constituir uma empresa
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com