ARAC
28 Outubro 2020 | 16:28
Notícias
2020-10-28COSTA FERREIRA: “SALVÁMOS O SETOR COM A INTERRUPÇÃO DA LEI”
O setor das agências de viagens e operadores turísticos ainda está “em jogo”+
2020-10-28ALGARVE PROMOVE WEBINAR SOBRE FISCALIDADE E TURISMO
O Gabinete de Apoio ao Empresário da Região de Turismo do Algarve (RTA) vai promover a 3 de novembro, pelas 11h00+
2020-10-28Costa convoca Conselho de Ministros extraordinário para definir medidas de controlo da pandemia
O primeiro-ministro marcou com os partidos reuniões para sexta-feira e convocou para sábado um Conselho de Ministros extraordinário para definir novas "ações imediatas" para o controlo da pandemia da covid-19 em Portugal.+

Press - Releases

Press - Releases
05-08-2015
EMPRESAS DE RENT-A-CAR COMPRAM MAIS VIATURAS - JULHO

O mercado português de veículos ligeiros de passageiros encerrou o mês de junho com um volume de vendas de 15.548 unidades, registando um crescimento de 9,7 % face ao mês homólogo do ano anterior, segundo elementos fornecidos pela ACAP – Associação Automóvel de Portugal. No canal de rent-a-car as aquisições atingiram as 5.852 unidades revelando um crescimento de 22% face ao mesmo mês de 2014.

O crescimento da aquisição de veículos de passageiros por parte das empresas de rent-a-car deve-se à maior rotação de veículos em frota (de forma a oferecer um produto de cada vez maior qualidade), fazendo com que a idade média dos veículos de rent-a-car em Portugal tenha vindo a ser cada vez menor, mas também e sobretudo devido ao aumento do turismo nacional, situação que tem contribuído de forma decisiva para o desenvolvimento direto de todos os setores diretamente ligados ao turismo, como sejam a aviação, hotelaria, o rent-a-car, os agentes de viagens, a restauração, as empresas de eventos e animação turística, etc. e indiretamente todas as outras atividades económicas.

No que ao que aos veículos de mercadorias diz respeito, o crescimento das aquisições por parte das empresas de rent-a-cargo representadas pela ARAC, cifrou-se em 425 veículos, o que representa um crescimento de 31% face ao ano anterior.

Refira-se que o setor do rent-a-cargo foi dos mais afetados pela crise que Portugal e a Europa ainda atravessam.

Encontrando-se em fase de revisão a legislação que regulamenta a actividade de rent-a-cargo e caso Portugal evolua (como é desejável e importante para a economia nacional) para um quadro legal mais liberalizador deste setor, á semelhança da maioria dos países europeus estamos seguros que este setor venha a ter um forte incremento, com reflexos em toda a economia nacional no que respeita ao transporte de mercadorias.

O sector de rent-a-car está a registar este Verão um nível de ocupação francamente satisfatório, tendo para tal contribuído o aumento do número de turistas e por outro lado o cada vez melhor ajustamento da frota disponível á procura.

No que respeita á importância do sector de rent-a-car para o sector automóvel em Portugal, importa referir que o rent-a-car é atualmente o sector que mais compra veículos ligeiros de passageiros em Portugal, pelo que o seu peso no mercado automóvel nacional é inquestionável, sendo que cerca de 25% dos veículos novos vendidos no corrente ano até final de Junho destinaram-se a empresas de rent-a-car.

Ao nível do mercado empresarial, o rent-a-car tem ganho, ou melhor dizendo recuperado importância a nível da escolha deste produto como o mais adequado às empresas.

Este setor que no ano em curso adquirirá mais de 35.000 viaturas sendo responsável anualmente pelo pagamento em média de 80 milhões de euros de ISV, 350 milhões de euros de IVA e 15 milhões de euros de IUC.

O rent-a-car onde o peso do turismo é de 60% é assim um dos setores de grande peso na economia nacional, parceiro estratégico do Turismo e do setor automóvel nacionais.

Lisboa, 05 de Agosto de 2015

ARAC

Gabinete de Comunicação


Área Reservada
PEÇA AQUI O SEU SELO "CLEAN & SAFE"
EMPRESAS JÁ DETENTORAS DO SELO "CLEAN & SAFE"
Quer Alugar Carro?
Siga-nos
Seara.com